quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Boas festas!

   Cada ano tem suas complicações e suas alegrias. Esse 2012 não foi uma exceção. Mesmo assim, poder me dirigir aos amigos deste espaço e, como se efetivamente estivéssemos frente à frente, dizer "Feliz Ano Novo! Espero que todos os seus desejos se realizem!" é um momento ótimo.
   A despeito de toda a ausência nesse ano que está se encerrando, espero poder, em alguma medida, ter feito alguns posts interessantes e aberto a porta para algumas boas reflexões.
   Grande abraço a todos os "amigos dos amigos" e Feliz 2013!

7 comentários:

Fê Mundy disse...

Hoje aniversario da Princesinha Rafaela, que esteja correndo tudo maravilhosamente bem , que ela tenha muita saúde, paz, amor e carinho.Parabéns e Felicidades.

anibal werneck de freitas disse...

Ricardo,
você há de convir comigo que Spinoza se equivocou em colocar a Natureza como Deus, digo isso porque todos os dicionários são unânimes em dizer que Deus é aquele que está acima da Natureza, portanto, a Natureza não é Deus, é, simplesmente, Natureza, a única diferença que existe é que Deus não existe e a Natureza sim, ela [Natureza] está aí estampada na nossa frente, portanto, vamos esquecer esta palavra, Deus, porque ela foi criada pelos religiosos, o que existe realmente é a Natureza e, modéstia à parte, vamos relevar o equívoco do Spinoza em comparar a Natureza com Deus, a Natureza é muito mais do que isso, ela é uma verdade e Deus é uma grande mentira.
Feliz 2013!
Um abração do amigo ,
Aníbal.

mundy disse...

Bem aqui estou a querer me meter em assuntos que nao domino, mas fui instado a tecer um comentário neste espaço sobre uma nota que li no caderno Prosa e Verso do Jornal o Globo de hoje dia 5 de janeiro de 2013, a nota se refere a uns cursos de verao que a Casa do Saber programa, tem gente como AfFonso Romano , Felipe Pena, Pedro Paulo Madureira,Leandro Chevitarese e Marcia Tiburi sobre Filosofia Contemporanea e onde eu coloco o meu pitaco sobre assuntos que nao domino , olha eu nao conheço a fundo a obra de nenhum dos palestrantes, uns ja ouvi falar e li algo ou vi uma entrevista, devem ser cursos interessantes , mas o que me causou maior especie foi Marcia Tiburi, esta Filosofa, nao sabia que ela é , eu a conheci vendo no GNT num programa de nome Saia Justa, em que umas mulheres falavam de diversos assuntos , cada um com seu ponto de vista, e este programa nem sei se existe ainda, o que sei é que foi todo modificado, inclusive esta Marcia Tiburi era sempre alvo de polemicas com as outras participantes, pois mantinha um ar Blase de que se achava ou julgava mais inteligente que as outras e isso causava um certo atrito, mas nao vou me alongar sobre o tal programa e sim sobre esta Tiburi, olha toda vez que a via eu me indagava como essa mulher podia ganhar dinheiro dando opinioes, quando ela é de um vazio total de conteudo, opinioes sempre equivocadas de um primarismo geral, mas qual a minha surpresa que a mulher vai dar um curso na Casa do saber, e nao deve ser barato ,bem caso eu pudesse pagar por um curso na Casa do Saber , faria qualquer coisa menos o dessa senhora, sei que nao deveria julga la por nao conhecer o conteudo geral dela, pois nao conheço o trabalho dela em si e sim o pouco que via na TV, mas sinceramente Marcia Tiburi do pouco que vi é mais uma daquelas embalagens que vemos por aí, Bonitinha por fora, mas oca por dentro mas que por incrivel que pareça vende e tem mercado, a ia esquecendo é uma Intelectual já que participava do Saia Justa e agora vai dar curso na Casa do saber, mas aquele tipo de intelectual que na verdade é burra pacas, ou seja pura estampa e só.Meu nobre compadre deve ter percebido que nao gosto da Tiburi,hahahahahahaahaha.

mundy disse...

E a Marcia Tiburi é Professora de Pos Graduaçao da Mackenzie Paulista, tenho quer me lembrar se um dia for fazer Pos por la, de nao fazer com ela, hahahahahahahahahahahaha.

tucanlino disse...

Ricardo,
respeito tudo aquilo que você diz com muita propriedade, mas eu não consigo aceitar o Deus/Natureza de Spinoza devido às imperfeições que existem no mundo, é contraditório um ser perfeito ter como atributos coisas imperfeitas, o Deus de Spinoza dá total liberdade ao ser humano, todavia, como esta liberdade pode funcionar num ser humano deficiente dos pés à cabeça?, perdoe-me a minha ignorância, se estou equivocado, corrige-me, mas é difícil aceitar tais coisas, pra mim não existe Deus, existe apenas a Natureza e ela não tem domínio sobre o mal, que existe por si mesmo, assim como o bem, pra mim o mundo sempre existiu, o resto é coisa da cabeça do homem.
Um abraço.

Fê Mundy disse...

Meu compadre, esta na hora de arrumar um tempo nas tarefas e postar alguma coisa, sei que deve estar brabo a sua agenda, mas ficar neste longo afastamento faz com que a pessoas nao desejem interagir e postar comentarios.

raph disse...

Oi Ricardo,

Recentemente lancei um livro onde há um "debate acerca da existência" entre 4 personagens: uma estudante de filosofia e história, um jornalista científico agnóstico, um escritor espiritualista e um psicólogo cristão (moderado).

Tentei criar um hino a tolerância, e para isso logo de início falo de Spinoza (ou Espinosa), além de Hermes Trimegisto (o Hermetismo complementa surpreendentemente "a substância" de Spinoza).

Para quem deseja conhecer teorias ocultistas e/ou espiritualistas em geral, e claro, suas relações com a filosofia, a cosmologia e a evolução das espécies (pois que o livro não trata de dogmas nem de "textos infalíveis"), pode ser uma boa leitura:
https://clubedeautores.com.br/book/139681--Ad_infinitum

Também há uma "amostra grátis" com 25 pgs. aqui:
http://www.raph.com.br/tpr/livros/Adinfinitum_amostragratis.pdf

Abs!
raph